Dica de leitura: O gato que gostava de cenoura

Um gato diferente dos outros, que tinha vergonha de seus gostos, que era julgado por isso e, por isso, vivia sozinho. Buscou tratamento, tentou mudar, e só se sentiu verdadeiramente feliz quando conheceu alguém que o aceitava do jeito que era, mesmo com seus gostos estranhos.

Essa é a história de O Gato que gostava de Cenoura, tão bem escrita por Rubem Alves (que, por sinal, escrevia bem qualquer texto). É uma excelente obra para refletirmos sobre as diferenças das pessoas, o preconceito e a aceitação, e também sobre os sonhos que os pais depositam em seus filhos.

É uma leitura curta, gostosa e riquíssima. Recomendamos!

Se quiser comprar o livro, você nos ajuda muito comprando por este link.