Dica de leitura: O menino que queria ser um celular


O menino que queria ser um celular é um livro muito legal para ser lido nos dias de hoje. Com certeza, serve mais para pais do que para as crianças, pois trata de um assunto muito sério da vida atual: o tempo que dispomos para os aparelhos eletrônicos em comparação ao tempo oferecido às crianças.

Na escola, ele pode ser trabalhado em diversas faixas etárias. Em uma aula de Filosofia, por exemplo, pode ser muito útil para a reflexão sobre as vantagens e desvantagens da tecnologia nas relações interpessoais.

Autores: Marcelo Pires e Roberto Lautert

Editora: Melhoramentos

Ano: 2010

Número de páginas: 64

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *