Projeto interdisciplinar: Eu no Mundo

Projeto interdisciplinar: Eu no Mundo

O projeto interdisciplinar Eu no Mundo, será desenvolvido com o 1º ano do Ensino Fundamental, durante um ano letivo, pois se faz necessário, desde a mais tenra idade, que as crianças comecem a desenvolver um senso de criticidade sobre suas ações frente ao seu próprio corpo e ao mundo que a cerca. A preocupação com essa temática surgiu como uma forma de garantir um repensar interdisciplinar sobre as formas de atuação e ação do homem sob esse meio.

Desse modo, essa reflexão precisa ser germinada nesses pequenos cidadãos por meio de experiências, vivências e brincadeiras.

Devido a isso, buscamos aprimorar o olhar da criança sobre a natureza, já que ao constituir-se como um sujeito social e historicamente situado, faz-se necessário que ela saiba ler o mundo que a cerca, fazendo da experiência um momento constitutivo do sentido de existência e da capacidade de mudança do homem e do mundo.

Os meios de comunicação na sociedade atual pregam a violência e a degradação do ser. Este fato só reflete “um arrepiante desenfreio de emoções em nossas próprias vidas e as das pessoas que nos cercam. (…) O alastramento desse mal-estar pode ser visto através de estatísticas que demonstram um aumento, a nível mundial, dos casos de depressão, e nos indicadores de uma repentina onda de agressão” (Goleman: 2001, 10). É fato que os pais hoje não têm o tempo que os pais deles tinham para cuidar de seus filhos. O que entra em questão agora é a maneira que aqueles estão administrando o tempo que lhes sobra juntos. A sugestão é que esses pais auxiliem os filhos a dominarem as habilidades humanas essenciais tanto para lidarem com suas emoções quanto para estabelecerem relacionamentos significativos.

A educação atual valoriza muito a parte intelectual do ser humano, esquecendo-se das outras áreas. A descoberta das múltiplas inteligências modificou um pouco esta visão, porém ainda é clara a ênfase que é dada, nas escolas, para disciplinas como Português e Matemática.

Desse modo, apresenta-se a seguir, as ações propostas para cada temática escolhida a fim de que possamos por meio de experiências vivenciadas pelos alunos auxiliá-los na construção e na transformação de sua individualidade e de seu mundo nas esferas sociais, históricas e culturais, sempre levando em conta que o desenvolvimento de nosso projeto dependerá do envolvimento dos alunos e dos pais.